sexta-feira, 8 de abril de 2011

MULHER: VOCÊ É ALGUÉM!
Texto- Gênesis 1:27
Deus olhou desde a eternidade...e Ele a viu.
Viu tudo o que havia criado e tudo o que criaria em torno de você. Ele viu a necessidade específica que seria destinado a preencher este mundo. Ele viu todo o conjunto de traços e habilidades que você precisaria para cumprir o propósito de Deus na sua vida. Sabia que tipo de ambiente seria necessário para que você possa desenvolver adequadamente os dons que Ele te daría.
Deus viu … e então criou. Ele criou você!E viu Deus que sua criação era boa.

As vezes somos nós que não nos valorizamos. O problema é a imagem que fazemos de nós mesmas.
Qual a sua opinião a seu respeito? É importante que você aprecie a maneira como Deus te criou, porque os outros vão tratá-la da mesma maneira que você trata a si mesma. Vão te respeitar conforme o grau de respeito que você tem por si própria.

Se você atrair pessoas que não te tratam bem,eu lhe digo que você é a principal suspeita neste caso. Que tipo de mensagem envia você que lhes permite tratar-la tão mal assim?
Talvez seja você que se ache incapaz, feia, sem importância, sem talento algum...
Para que as pessoas te tratem bem, deve haver algo nas profundezas de seu ser para enviar um sinal que diz: “Eu sou alguém, porque Deus me fez para ser alguém. Pode ser que eu não tenha o perfil que esse mundo espera, mas da mesma forma sou alguém. Sou como Deus me criou”. Quando você envia um sinal como esse, as pessoas te percebem. Mais do que isso, Deus a vê, e pode usá-la de forma plena e verdadeira.

Há algo que emana da sua alma, a certeza da sua importância e de onde Deus a colocou, a convicção de que você nasceu com um propósito definido por Ele... isso que reforça a sua presença entre o povo, isso que deve diferenciá-la dos demais...não para que você se sinta superior, ou mais especial do que alguém, mas pelo simples fato de ter compreendido seu dever, responsabilidade e função no Reino de Deus.

A qualidade da força interior é o que a torna atraente, é o que faz com que outras pessoas te reconheçam,prestem atenção em você, movendo as pessoas a perguntarem sobre você: ” Quem é ela?” Não perguntam porque o seu vestido é muito elegante, mas por causa do magnetismo que emana do seu caráter, por causa do brilho do Senhor em teu viver. O projetar desse tipo de força não é arrogância ou orgulho,é um saudável sentimento auto-estima e o poder do Espírito de Deus que habita dentro de você.

Se você pensa que não é ninguém, que não tem nenhum valor e nem futuro, vai orar com menos poder e vai supor que as promessas de Deus são para todos, exceto para você.
Deus quer que aprecie o que Ele quis que você fosse quando a criou e que desenvolvesse o que ele te deu.Você é uma combinação única de talentos e dons, e carrega um destino único no mundo.Você é esse alguém especial.

Ao criá-la Deus reservou um plano muito especial para sua vida, não resumido apenas as coisas desta vida, como: casa, filhos, marido, trabalho, cozinhar, passar...Não...Deus tem muito mais para ti, Mulher Valorosa! Apenas deixe-se perceber, permita Ele revelar a ti o teu verdadeiro e inestimável valor!

Pense nisto....carinhosamente Bárbara Emanuelly Honorato.

A BELEZA DE UMA MULHER...

A BELEZA DE UMA MULHER
NÃO ESTÁ NAS ROUPAS QUE ELA USA,
NA IMAGEM QUE ELA CARREGA,
OU NA MANEIRA QUE ELA PENTEIA OS CABELOS.


A BELEZA DE UMA MULHER
TEM QUE SER VISTA A PARTIR DOS SEUS OLHOS,
PORQUE ESSA É A PORTA PARA O SEU CORAÇÃO,
O LUGAR: ONDE O AMOR RESIDE.


A BELEZA DE UMA MULHER
NÃO ESTÁ NAS MARCAS DO SEU ROSTO.
MAS A VERDADEIRA BELEZA NUMA MULHER
ESTÁ REFLETIDA NA SUA ALMA,

ESTÁ NO CUIDADO QUE ELA AMOROSAMENTE TEM,
PELOS OUTROS, A PAIXÃO QUE ELA DEMONSTRA
E A BELEZA DE UMA MULHER COM O PASSAR DOS ANOS,
APENAS CRESCE.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

"Há quatro coisas mui pequenas na terra que , porém, são mais sábias que os sábios:
as formigas , povo sem força ; todavia , no verão preparam a sua comida;
os arganazes, povo não poderoso; contudo, fazem a sua casa nnas rochas ;
os gafanhotos não tem rei ; contudo , marcham todos em bandos ;
o geco, que se apanha com as mãos ;contudo , está nos palácios dos reis ."

PROVÉRBIOS 30- 24 a 28




Pequenez e sabedoria


Não são poucas as vezes em que nos sentimos pequenos, desamparados em nossa fragilidade e impotência frente às variadas circunstâncias e situações que a vida nos impõe ou que vamos deixando acumular-se diante de nós. Mas quem disse que precisamos ser fortes em tudo? Não é a pequenez de nossas forças que nos impede de enfrentar e realizar a vida, mas a insensatez. Não é a grandeza da coragem ou o destemor que não pode nos faltar na vida, mas a sabedoria. Por isso, o sábio de provérbios nos diz: “Há quatro coisas mui pequenas na terra que, porém, são mais sábias que os sábios; as formigas, os arganazes, os gafanhotos e as lagartixas.” Onde há sabedoria, apesar da fragilidade, pode-se tomar decisões e ter atitudes que constrói a vida. Na observação do sábio, o que esses quatro pequenos seres nos ensinam da sabedoria é o seguinte:
Primeiro – Sejam precavidos. Essa é a virtude da sabedoria que desenvolve em nós a capacidade de se prevenir, de se equipar seja materialmente, emocionalmente ou espiritualmente para os tempos difíceis. Observa o sábio de provérbios: “As formigas, povo sem força; todavia, no verão preparam a sua comida.” A maioria de nós põe a ênfase na formiga, mas nos esquecemos que a natureza nos apresenta uma série de outros espécimes que têm o mesmo comportamento que as formigas. A afirmação mais importante desse verso é que a vida é feita de estações: há verão e inverno, outono e primavera na vida de todo mundo. Por isso, precisamos aprender a investir nas estações favoráveis para podermos ter os recursos necessários, sejam eles quais forem, nas estações desfavoráveis da vida. A vida é feita de ciclos e não é de força que precisamos para lhe dar com os ciclos da vida, mas de sabedoria.
Segundo – Sejam prudentes. Essa é a virtude da sabedoria que desenvolve em nós a capacidade de se proteger, de não se expor desnecessariamente na vida. O sábio de provérbios faz a seguinte observação: “Os arganazes, povo não poderoso; contudo, fazem a sua casa nas rochas.” Precisamos aprender a respeitar e a lidar com as nossas fraquezas. O grande segredo aqui é que os arganazes se sabem não poderosos, por isso, fazem sua casa na rocha. A verdadeira grandeza na vida está na sabedoria de conhecer as suas próprias limitações. Nem sempre é de peito aberto e em campo limpo que devemos lidar com algumas situações na vida, mas nas rochas, nas tocas, nas pedras, nos lugares de proteção. Respeitar-se é não exigir de nós o que não podemos fazer ou enfrentar, é não se impor o que vai além de nossa capacidade, é se proteger. Vá para a pedra (Cristo) e se ponha em segurança. Mas, jamais se esqueça que a rocha Cristã é Jesus. Sem Deus, com suas próprias capacidades você não conseguirá resistir, mas escolha fazer sua morada na Rocha!
Terceiro – Sejam unidos. Essa é a virtude da sabedoria que desenvolve em nós a capacidade de depender, de perceber que não estamos sozinhos. O Sábio faz a seguinte observação: “Os gafanhotos não têm rei; contudo, marcham todos em bandos.” Não é bom que o homem esteja só, essa é uma das afirmações assertivas da Bíblia. Não há sabedoria no solitário, o que existe é alienação esquizofrênica, pois todo ser sozinho é um ser da paranóia. Ninguém é forte o suficiente para enfrentar tudo na vida, por isso, o gafanhoto nos ensina um velho ditado popular: a união faz a força. É na solidariedade e comunhão dependente uns dos outros que ganhamos força, resistência, estratégias e organização para rompermos na vida. Pois se dois caminham juntos, um caindo o outro o levantará; se dois dormem juntos, um sentindo frio o outro o aquentará e se dois estiverem juntos, havendo confusão os dois brigarão um pelo outro. O valente sozinho será sempre mais fraco do que pequeninos e frágeis que sabem andar em comunhão.
Quarto – Sejam ousados. Essa é a virtude da sabedoria que desenvolve em nós a capacidade de tirar o melhor proveito das situações, o poder de saber se colocar na vida, de aproveitar as oportunidades. Observa o sábio de provérbios: “A lagartixa, que se apanha com as mãos; contudo, entra nos palácios dos reis.” Aqui também não é a lagartixa em si que importa, mas o que ela é capaz de evidência. O ponto aqui é chamar atenção para o fato de que apesar da fraqueza isso não impede que a lagartixa entre no palácio do rei. A pequenez e fragilidade do nosso ser, não nos impede de chegar aos melhores lugares na vida. Quando dependemos de Deus, Ele nos leva a lugares elevados, a lugares que não imaginávamos ir. Deus usa pequenas coisas para envergonhas as grandes...
Não é da minha fraqueza e impotência que tenho medo, mas da insensatez, da falta de sobriedade e sabedoria que habita em todos nós.
Que Deus nos habilite à sabedoria!!!
Medite nisso....






Oração da mulher cristã

Senhor, dá-me de Raquel a arte de fazer-me amar.
Dá-me de Joquebede o espírito de sacrifício e renúncia.
Dá-me de Débora a solidariedade e o estímulo.
De Rute dá-me a dedicação e a bondade.
De Ana dá-me a fé, a fibra para cumprir o voto.
Dá-me a astúcia de Mical para usá-la no bem, não para o mal.
Como Abigail faz-me mensageira da paz.
Como Ester que eu seja desinteressada e altruísta.
Como Maria faz-me pura e humilde e como Isabel capaz de regozijar-me com o bem alheio.
De Marta dá-me a disposição para o trabalho material e de Maria o anseio espiritual.
Como Dorcas, a costureira, que eu seja útil ao necessitado.
E como Lídia, a mulher hospedeira, que eu abra a porta ao que chegar cansado. Como a mulher samaritana que eu corra a falar da salvação.
Senhor, tira de mim se houver : A vontade de olhar para trás como a mulher de Ló. A preferência por um filho como Rebeca.
O desejo adúltero da mulher de Potifar.
A traição de Dalila.
A trama macabra de Herodias.
De Ti Senhor, suplico a paz , a bênção e o perdão. Amém!

Busque, peça constantemente ao Senhor para fazê-la uma mulher sábia, cheia do Espírito Santo. Assim, você terá uma vida plena em todas as áreas de sua vida!
Que Deus abençoe todas vocês!!!






Mulheres Cristãs

Elas estão em frente do fogão, do berço, do volante, do leito, do viver...
Entre flores, frutos e espinhos. No palco da vida uma estrela. Na luta do dia-a-dia uma guerreira.
Elas choram, sorriem, sofrem, sonham, esperam... Não poucas vezes trazem marcas de um sacrifício calado, escondido.
São tantas vezes o sorriso mais desejado, a palavra mais querida, a melhor mão amiga.
Pra Deus oferecem as melhores dádivas: o amor como flor, a vida como incenso, os sonhos como ouro , Os filhos como a oferta mais preciosa, serviço como louvor, o coração como perfume caro derramado nos pés do Senhor.
E assim, conhecidas ou no anonimato, elas vão escrevendo pra Cristo com a vida A palavra mais bonita: Gratidão!
E elas estão no lar, no trabalho, na igreja, no campo missionário. Por vezes servindo como Marta, ora como Maria, sentada ouvindo. Ou como Ana clamando, ou como Débora lutando, Como Ester intercedendo, ou como Loíde ensinando, Ou como Suzana ofertando, como Dorcas no altruísta afã de servir ao próximo.
Ou simplesmente como Mirian adorando, adorando, adorando! Bendita seja tua criação! Bendita seja tua redenção! Bendita seja sempre tua vida mulher cristã!





SERVIR...


Servir é muita das vezes levar água estando com sede, mas deixar para beber depois;


É muitas vezes deter a própria lágrima enquanto o outro chora no teu ombro;

Servir é tantas vezes calar a própria dor para ouvir o lamento de outrem;

É tantas vezes já cansado caminhar mais uma milha;

Servir é ajudar o irmão a levar a cruz, sentindo o peso da sua;

Servir é estender a mão. É mais que emprestar, é doar o coração;

Servir é tantas vezes esquecer a própria ferida que dói e sangra, para aplicar azeite e vinho na ferida aberta de outrem;

É esquecer o cansaço e com o outro dar mais um passo;

Servir é dar um sorriso, um abraço,seu ombro, ouvido, mão, presença e coração;

Servir é usar tudo que tem e buscar o que não tem, para de alguma forma abençoar alguém;

Servir é amar com obras e se colocar nas mãos do Senhor,
Para ser útil onde e como Ele quiser;

Servir é ser instrumento para que o amor de Cristo alcance corações;

É deixar que Cristo ame através de nós.

Servir é tirar da alma o melhor que se tem, para ministrar a alguém!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Mensagem para você MULHER


Ser mulher é o grande privilégio, entre tantos outros, que Deus nos concede. Viu Deus que não era bom que o homem ficasse só e criou a mulher, com um propósito específico: "far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea". Ser "ajudadora", por certo, se traduz de muitas maneiras. Não se refere apenas à mulher que constitui uma família, mas à sua posição de estar ao lado, de completar. Adão precisava de uma complementaridade, alguém que estivesse ao lado dele, dando-lhe apoio mútuo.

Ainda hoje a mulher precisa reconhecer esse lugar para o qual Deus a criou e aproveitar as conquistas nas lutas empreendidas, para exercer seu papel:

• a conquista de ser reconhecida como esposa, mãe - ajudadora idônea no lar, amada e respeitada, fazendo do seu lar um lugar onde reine paz, alegria, compreensão e os problemas são resolvidos sob o doce olhar de Jesus, o chefe maior do lar.

• a conquista das oportunidades de exercer as mais variadas profissões, e muitas, chegar até aos mais altos cargos públicos - mulheres que se tornam ajudadoras idôneas da sociedade, ao influenciar com sensibilidade, visão, garra, um mundo dominado pelo pecado da imoralidade, da impunidade, da injustiça social, entre tanto outros. Mulher que tem a convicção plena de que se Cristo não reinar nos corações e dominar o ser humano, não haverá mudança e libertação.

A responsabilidade de promover essa mudança, no entanto, querida mulher, é nossa. Não é somente dos governantes, dos patrões, do meu vizinho. É nossa. É minha. É sua. É de cada crente. Somos os detentores do remédio para esse mundo - JESUS. Já o tomamos. Ele já fez bem e curou o nosso coração. Agora, somos os canais que Deus precisa usar para que esse remédio chegue aos demais. Deus não tem outro estabelecimento, outro balconista, outra farmácia. Só tem a nossa vida para o seu agir nesse mundo.
Pensando nisso, decidi compartilhar aqui idéias e inspirações da parte do Senhor com você. Para que ELE nos desperte e nos mostre que há lugar para nós em Seu Reino... há espaço para nós na grande Obra....os campos já estão brancos, preparados para a ceifa, e Deus conta conosco para sermos trabalhadoras de Sua vinha.

Esse é o nosso tempo, a nossa oportunidade. Algumas vieram antes de nós, outras virão depois, mas esse é o nosso tempo. Tempo de viver o texto bíblico que nos serve como divisa: "Convém que eu faça as obras daquele que me enviou enquanto é dia; a noite vem quando ninguém pode trabalhar" (João 9.4). Tornemos Cristo conhecido antes que a noite de cada uma de nós chegue e sejamos achadas em falta. Sonhemos e trabalhemos para que tenhamos um mundo onde o amor, a verdade, a justiça e a santidade domine os corações porque seguem o verdadeiro Deus - perfeito em amor, em verdade, em justiça, e em santidade.
Que para tanto Deus nos abençoe.
Carinhosamente....Bárbara Emanuelly

Mulheres Amarguradas


"Então chegaram a Mara; mas não puderam beber as águas de Mara, porque eram amargas; por isso, chamou-se o seu nome Mara" (Exôdo 15.23). "Porém ela lhes dizia: Não me hameis Noemi: chamai-me Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso" (Rute 1.20).

Ouvi uma pregação uma vez, quando o ministrante alertava para o fato de ser impossível deixar de passar pelo deserto da provação da vida, mas que era importante não deixar o deserto entrar no coração. Viver é um risco! Aprender a lidar com a vida e suas múltiplas histórias é necessário para que não nos amarguremos com ela.

Mulheres amarguradas de alma andam por aí, dominicalmente vão à igreja para "assistir" ao culto e durante a semana são eficientes em suas atividades eclesiásticas. Não raro alcançam seu cobiçado reconhecimento através de um cargo de destaque na igreja, tornando-se uma "oficial": diaconisa, presidente de organização, dirigente de círculo de oração e entre outros.

Como a alma é amargurada são permanente dor de cabeça para quem tem contato com elas. A língua é peçonha mortal com a fofoca, a delação e a desmedida franqueza que machucam sempre e não cura nunca.

Não raro perseguem jovens e adolescentes com seu moralismo, invejosas de sua alegria pueril. Odeiam e perseguem as mulheres que ousam ser diferentes delas; que são felizes. São tenazes perseguidoras de maridos e filhos; exigentes, loucas por limpeza, rígidas, endurecidas, odiosas e nunca, nunca, nunca misericordiosas, complacentes e perdoadoras. Não raro a amargura se transforma em doença.

Observo uma vizinha que faz demonstrações públicas de afeto exacerbado ao "marido", usa saiões para atestar "santidade", tem uma rotina de reuniões de oração e clichês já conhecidos de fervor espiritual. Freqüentemente ouço sua voz estridente e o olhar doentio, os xingamentos com as filhas, os maus-tratos a uma idosa dependente. Abandonada pelo marido, rejeitada pelos vizinhos, dores somáticas no corpo denunciam o julgamento da consciência pelo repúdio a própria mãe.

A forma de mulher de oração. O conteúdo de mulher de Mara.

O espetáculo patético da forma sobrepondo o conteúdo. Mas não é solitária neste espetáculo cotidiano escondido nas igrejas. Noemi reencontrou a alegria na providência divina, providência que não teve gosto do sangue dos "seus inimigos", mas o doce cuidado divino pelo simples fato de ser sua filha e serva. É fato que a vida tem seus dias bons e dias maus, mas em tudo somos fortalecidas.

O povo pôde beber da água amarga quando o madeiro a feriu e submergiu nela. Pela cruz e não pela religião temos a alma curada. Religião não cura. Religião apenas traz forma. Relacionamento com Deus é conteúdo. Conteúdo alcançado sob um olhar que reconhece Deus em seus caminhos.

Não tenho fórmula para vencer a amargura. Esse texto não é uma autoajuda. Mas propõe-se a ser uma reflexão sobre o cotidiano.

Que Deus nos ajude a viver intensamente a vida e suas contradições e confiar que Ele cuidará de nós, que nos consolará, fortalecerá e nos dará forças para vencermos e nos tornarmos sábias.

Isso é fé. A fé vence o mundo.